Automação residencial: o que é, como funciona e quais as vantagens




O que é automação residencial?

Automação residencial diz respeito a um conjunto de tecnologias com a capacidade de programar eventos em uma casa e de tornar automático o funcionamento de diversos equipamentos. Por meio de sistemas integrados e da conexão à internet, a automação residencial visa criar uma casa inteligente. Uma das tecnologias mais importantes nesse processo é a IoT (Internet of Things), que já vem impactando o dia a dia em muitas residências. O objetivo é oferecer facilidades e mais praticidade aos moradores através do controle e do gerenciamento remoto da residência. Isso é feito por meio de um simples dispositivo móvel conectado à internet, como um smartphone ou tablet. Assim, você pode controlar os aparelhos de casa de qualquer lugar que estiver. Além disso, é possível programar sensores, fechaduras e luzes, por exemplo, para que determinado comando seja executado automaticamente. Além de facilitar a vida dos moradores, você pode criar uma casa totalmente personalizada conforme o seu estilo de vida, necessidades e hábitos.









Como essa tecnologia funciona?

Para criar uma automação residencial, você só precisa de aparelhos com conectividade elétrica, internet e um dispositivo inteligente que fará a coleta e a troca de informações para que a automatização seja possível. Com o uso de Wi-fi ou Bluetooth, esse dispositivo permite que o morador controle, gerencie e programe seus aparelhos de forma remota. Para tornar uma casa inteira inteligente, esse processo é ampliado para diversos aparelhos. Por meio de um sistema de integração, todos os equipamentos são conectados a uma central controladora ligada à rede de internet.










Como funciona o sistema de aquecimento de água com energia solar?

De uma maneira simples, o sistema de aquecimento de água pela energia solar é composto pelos coletores solares (placas) e o reservatório térmico (Boiler).A responsabilidade pela absorção da radiação solar é das placas. O calor solar que é captado por elas é transferido para a água que circula no interior de suas tubulações de cobre.Também chamado de Boiler, o reservatório térmico, é o local onde fica armazenada a água aquecida. Ele consiste em cilindros de cobre, polipropileno ou inox que são isolados de maneira térmica com poliuretano expandido sem CFC, mas eles não agridem a camada de ozônio. A água é conservada aquecida até que seja consumida.No coletor solar, os raios atravessam o vidro da tampa do coletor e eles irão esquentar as aletas que são feitas de cobre ou alumínio e pintadas com uma tinta especial e escura que ajuda a realizar a absorção máxima da radiação solar.O calor então cruza as aletas para os tubos (serpentina) que geralmente são fabricadas em cobre. Depois disso, a água que está no interior da serpentina esquenta e vai parar diretamente no reservatório do sistema de aquecimento de água.A função do reservatório térmico no sistema de aquecimento solar residencial é como uma caixa d'água. Ela é a responsável por fazer com que a água armazenada fique sempre quente no aquecedor solar.

Para controlar esse sistema, o usuário pode utilizar diferentes tipos de interfaces, como: 1-Aplicativos para celular; 2-Teclados de parede; 3-Interface web; 4-Displays touch screen; 5-Dispositivos de comando de voz. Veja alguns exemplos de como a automação residencial pode ser aplicada: -Monitoramento da iluminação com tomadas inteligentes; -Gerenciamento do sistema de ar-condicionado; -Automação de cortinas e persianas; -Ambientação com um sistema personalizado de som, iluminação e temperatura; -Controle de fechaduras eletrônicas; -Sensores de vazamento de água; -Sensores de fumaça; -Controle de consumo de água e energia; -Sensores de presença em portas e janelas; -Câmeras inteligentes e integradas a outros objetos, como luzes ou campainha.